Mostrando postagens com marcador Sivuca. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sivuca. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 21 de julho de 2022

LP Sivuca – Motivo para Dançar - 1956

 

Artista: Sivuca
Gravadora: Copacabana
Ano: 1956
Estilo: MPB




Faixa 01 -  Bem te vi atrevido  - Sivuca


Faixa 02 -  Angel´s lullaby  - Sivuca


Faixa 03 -  Tu e eu  - Sivuca


Faixa 04 -  Gracioso  - Sivuca


Faixa 05 -  Marimba  - Sivuca


Faixa 06 -  X9  - Sivuca


Faixa 07 -  Moonlight serenade  - Sivuca


Faixa 08 -  Enigmático  - Sivuca


Faixa 09 -  Duas contas  - Sivuca


Faixa 10 -  Bolero da sorte  - Sivuca


Faixa 11 -  Misterioso  - Sivuca


Faixa 12 -  Por hoje é só  - Sivuca

sexta-feira, 30 de julho de 2021

LP Eis Sivuca - 1956

Artista: Sivuca
Gravadora: Copacabana
Ano: 1956
Estilo: MPB


        E em 1956 o mundo assistia a 16ª edição dos jogos olímpicos disputados em Melbourne, Austrália e Estocolmo na Suécia devido a forte quarentena de animais na Austrália fazendo assim o hipismo  ser relocado para a Europa, mas também em 1956 JK o 21º presidente do Brasil assumia em 31 de janeiro, e em meio ao início de 1956 a Copacapana lançava o primeiro LP longplay do maestro Sivuca. 

       O jovem Paraibano Sivuca com apenas 25 anos já havia alcançado o topo da sua carreira e gravado vários compactos mas faltava algo mais, e esse algo mais veio com o lançamento de seu longplay algo que apenas os maiorais da música conquistava e Sivuca chegou lá.  



Faixa 01 -  Tocatta em Ré Menor  - (Johann Sebastian Bach)


Faixa 02 -  O vôo do besouro  - (Rimsky-Korsakov)


Faixa 03 -  Primeiro amor  - (Patápio Silva)


Faixa 04 -  Tenebroso  - (Ernesto Nazareth)


Faixa 05 -  Quando me lembro  - (Luperce Miranda)


Faixa 06 -  Lover  - (Richard Rodgers / Lorenz Hart)


Faixa 07 -  Corrupio  - (Guerra Peixe)


Faixa 08 -  Música em carrossel  - (Tradicional)


Faixa 09 -  Coração  - (Felinho)


Faixa 10 -  Morena boca de ouro  - (Ary Barroso)


Autor do artigo: Tiago Abrantes de Oliveira

terça-feira, 6 de julho de 2021

SIVUCA

          História de Sivuca


      E hoje chegou o dia de apresentar a história de Severino Dias de Oliveira, Sanfoneiro nascido na Itabaiana Paraibana, portanto nascido sobre a proteção de São Severino de Ramos, também nasceu sem atividade do aminoácido tirosina portanto sem a produção de melanina que é responsável de dar a cor de cabelos, pelos e olhos.

   Sanfoneiro desde menino foi aos 15 anos quando trabalhava na rádio clube de Pernambuco que recebeu o apelido de "Sivuca" e vasto é o material que temos sobre esse grande músico, apelidado por Antônio Barros de "O Sanfoneiro que tocava a 120km/h" graças a sua velocidade intensa que ao executar seu instrumento, e em uma entrevista a radialista e Jornalista Perfelino Neto, Sivuca deu valiosas informações sobre sua trajetória de musical e o próprio relatou que foi em 1939 que ele manuseou o instrumento pela primeira vez, indo a trabalhar na rádio Clube de Pernambuco na famosa festa da mocidade e a partir daí ganhou o mundo em busca de um maior espaço.

  Mestre Sivuca tocou em circos, bailes e shows até chegar o ano de 1949 onde seu trabalho começou  a ganhar mais musculatura e o primeiro passo foi em salvador no antigo "Cassino Tabaris" e daí também conhecendo o Acre até então ainda território Brasileiro e não Estado, e em 1950 vai a record e o sucesso é absoluto, Sivuca considera como sua primeira música feita "Adeus Maria Fulor" em parceria com Humberto Teixeira, Sivuca autodidata não teve mestre assim mesmo ele relata.

  Severino Dias de Oliveira também relata que Carmélia alves o apresentou ao diretor da continental onde estourou também alguns sucessos, Sivuca toca também violão e piano, e vale salientar também sua experiência no campo internacional com diversas excursões, ele também foi um dos pioneiros na execução do choro na música Brasileira e seu primeiro choro foi "entardecendo" tendo em sua discografia de 8 a 10 choros, e Sivuca relata também que um de suas maiores conquista foi transicionar entre a nova e velha guarda sem perder o sucesso ou seja sem sair de linha.                     

                   


Autor do artigo: Tiago Abrantes de Oliveira 
Este tutorial será acompanhado por um vídeo para um melhor entendimento. Conclusão Neste artigo eu compartilhei Como adicionar o script anti-adblock no Blogger – espero que tenham gostado e por favor compartilhem com seus amigos e sigam nosso blog para mais conteúdos. 4.7/5 - (17 votes) TAGS: blogger CSS dicas HTML Javascript COMPARTILHAR NO Share on Facebook Share on Twitter ARTIGO ANTERIOR Como criar link da Bio no Blogger Como criar link da Bio no Blogger PRÓXIMO ARTIGO Recriação do Google usando HTML e CSS Recriação do Google usando HTML e CSS Deixe uma resposta O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com * Deixe o seu comentário Name Email Website Salvar meus dados neste navegador para a próxima vez que eu comentar. Tem perguntas? Entre em contato conosco e entraremos em contato com você o mais rápido possível. Siga no Google News Thotbuzz.com Thotbuzz.com Você pode gostar