Mostrando postagens com marcador Geraldo Correia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Geraldo Correia. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 29 de junho de 2021

GERALDO CORREIA

História de Geraldo Correia

           A Paraíba é sem dúvidas, o maior berço dos tocadores de 8 baixos do Brasil, entre eles podemos citar Abdias, Zé Calixto, Adolfinho e Zé do X e o também Paraibano de Campina Grande Geraldo Bispo Antero mais conhecido como Geraldo Correia.

           Nascido em 15 de janeiro de 1926, compositor, acordeonista e solista de 8 baixos, começou a tocar aos 12 anos de idade, tendo a música sempre presente em sua vida logo aprendeu a tocar também acordeon e na rádio Cariri e pelas difusoras locais no inicio da década de 50 chegando a acompanhar Marinês até então ainda uma jovem em busca do seu espaço.

          O Até então Geraldo Bispo chegando a se apresentar na Rádio Clube de Pernambuco no ano de 1954 esquecera por descuido da Correia, sendo o suficiente para o auditório da emissora passar a chamá-lo daí por diante de Geraldo da Correia! e que depois de uns meses passaria a ser Geraldo Correia.

         Com o sucesso nas apresentações de rádio começando seu translado Campina Grande, Recife passou a ser mais frequentes com o seu Acordeon, e assim foi até receber uma carta de Antonio Barros e assim como ele também resolvendo trocar o nordeste pelo sudeste e com a Ajuda do seus conterrâneos Genival Lacerda e Jackson do Pandeiro em 1964 consegue gravar seu primeiro disco pela polydor selo da multinacional Philips com o disco "Um Baixinho e seus 8 Baixos".

     Arrancando Elogios de renomados sanfoneiros como Pedro Sertanejo, Dominguinhos e Robertinho do Acordeon, Geraldo Correia pelo seu conjunto de obras que envolvem Choros, Valsas, Arrasta-pés, xotes, forrós e Merengues está sim no álbum de maiores sanfoneiros do nordeste Brasileiro.

               

Autor do artigo: Tiago Abrantes de Oliveira