Mostrando postagens com marcador Clementino Moura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Clementino Moura. Mostrar todas as postagens

sábado, 20 de junho de 2020

CLEMENTINO MOURA

                            História de  Clementino Moura

           Clementino Moura nasceu em 14 de novembro de 1945, filho de Francisco Ozano de Moura e de Maria Carlota da Silva. Teve quatro irmãos e, desde cedo, por influência do pai, que tocava sanfona de oito baixos, e de dois irmãos, Tonho e Francisquinha, já mostrava inclinação para a música, sobretudo o forró pé-de-serra, xote e baião.

 Músico autodidata, Clementino Moura ganhou a primeira sanfona do pai no início dos anos 1960 e, a partir de então, passou a acompanhar os solos de Luiz Gonzaga, Chico Justino, Zé Calixto e outros sanfoneiros da época pela rádio Tupinambá de Sobral e por  LPs.

Com a morte dos pais, Clementino Moura, ainda menor de idade, veio para Fortaleza, onde passou a fazer apresentações na Praça do Ferreira e em circos pela Capital e interior do Estado, ao lado de um grupo musical.

 Esteve em São Paulo, onde no Forró do Zé Nilton, na Mooca, e no Forró do Pedro Sertanejo, conheceu Dominguinhos, Oswaldinho, Zé Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga, que exerceram grande influência carreira dele.

Clementino Mouramorreu na manhã do dia 29 de maio de 2017, aos 71 anos, após três dias internado por insuficiência renal em hospital de Fortaleza.

  Nosso Blog e canal rende homenagens, na edição deste Sabado (20/06/2020), ao sanfoneiro Clementino Moura. O músico, natural da cidade de Capistrano, no interior do Ceará, ficou conhecido como "Rei da Gafieira", e é uma referência quando se fala em forró, samba e chorinho.